Página Inicial 

Fale Conosco

Assinatura

Empresa

 

Dúvidas sobre
Pós-Graduação?


Se você tem alguma dúvida sobre pós- graduação,
pergunte à equipe Após. Clique aqui, ou ligue (11)3507-1241

 

 

 

Cuidado com a ambição

Feio não é ser ambicioso, feio é ser ganancioso. Vamos ver mais detalhadamente a diferença entre um e outro.
A palavra ambição vem do latim ambitione e quer dizer "desejo veemente de fortuna, de glória, de honrarias, de poder." Até aí nada demais. Afinal, quem não quer?
Mas note a grande diferença no comportamento do ambicioso em relação ao ganancioso. Por essas definições podemos dizer que ser ambicioso é bom, mas ser ambicioso demais, nos torna gananciosos – o que sugere um comportamento inadequado e, por vezes, até antiético.
Já desmistificamos e vimos que a ambição no nível certo faz parte de nossa natureza e pode e deve ser usada para alavancar nossa carreira. Vamos ver mais detalhadamente como.

Veja a ambição como algo positivo
A ambição é uma das molas do sucesso. A questão é como você lida com ela. A ambição na medida certa mexe com o metabolismo do nosso corpo e nos torna mais pró-ativos para a realização de objetivos. A ambição tem a ver com evolução. Sem ela há estagnação.

Alie ambição a outras qualidades
Somente a ambição não ganha jogo. Os ambiciosos costumam ser mais assertivos, querem fazer valer a sua opinião, mas é preciso trabalhar outros pontos como a sua autopercepção e também prudência. Sim, prudência e autocontrole, cuidando para não sair dos limites e se tornado um sujeito que só pensa em si, e no seu mundo, o que acaba lhe tornando uma pessoa desagregadora e egoísta.
Ambição versus determinação
Creio que essa seja a palavra mágica. Para medir o seu nível de ambição, reflita o quanto você está determinado para atingir certo objetivo. Quanto mais alta a sua determinação, maior o seu nível de ambição. Lembro que determinação é um dos fatores mobilizadores das pessoas. Analisando o seu grau de determinação fica mais claro perceber se está passando dos limites da ética e dos bons valores.

Foco no controle emocional
Outra forma de medir o grau de ambição e saber se ela está sendo prejudicial ou não a sua vida é através de suas emoções. Ambição em excesso nos deixa angustiados, extremamente ansiosos e querendo tudo para ontem. Calma, tudo tem o seu tempo. Sua carreira é como uma estrada que para ser bem pavimentada e segura necessita de planejamento e visão de longo prazo, construção de bons valores e noção de ética na sua área de atuação.

A ambição é mutante
A ambição muda com a idade, momento profissional e filosofia de vida. As mulheres também são ambiciosas, porém de uma forma diferente. Segundo um estudo da psiquiatra americana Anna Fels, pela Universidade Harvard, os homens são mais ligados ao poder, dinheiro e status. Já as mulheres são mais ligadas ao sentido do trabalho, equilíbrio entre carreira e família. Quanto mais maduros, mais preocupados ficamos com o sentido e propósito de nossa vida, a espiritualidade e o que podemos fazer efetivamente para ajudar ao próximo.

A ambição é sua
Vivemos em um mundo onde beleza, status, poder e dinheiro são muito valorizados. Muito cuidado para não ser levado a criar o que chamo de "Ambição de Revista", ou seja, pautamos nossos desejos pelo o quê os outros são. Quero ser tão bonito quanto fulano, queria ter a carreira que sicrano tem, e por aí vai. Pense em quais são realmente as suas ambições genuínas, o que realmente você deseja SER, pois o TER é conseqüência do que você é e do que construiu ao longo de sua carreira. Crie uma base forte, aprimore sempre seus dons e competências, afinal mais difícil do que ter é manter o sucesso.
A sua ambição e determinação o levarão a novos desafios e nos níveis certos são ingredientes que não podem faltar em sua carreira.

 

 

Paulo Araújo é administrador de empresas, pós-graduado, especialista em palestras motivacionais, além de escritor. Autor de “Desperte seu Talento – dicas essenciais para a sua carreira”, entre outros livros.
www.pauloaraujo.com.br

 

 

 

 

 

"CONCRETIZAÇÃO DE UM SONHO"

       

 

"Paulo Araújo: CUIDADO COM A AMBIÇÃO"

 

"Carlos Vicchiatti: UM PROJETO CHAMDO EU"

 

"Tom Coelho: SINAIS DE DESMOTIVAÇÃO"

 

NOVIDADES PARA 2010